quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Pão Italiano de Ricota - Pane alla Ricotta


Há tempos que estava ensaiando para experimentar este pão. Procurei uma receita e acabei por escolher esta.
Acertei em cheio! Um pão saboroso, o miolo tem uma textura fantástica, macio e saboroso, e com uma casquinha, hummmm, crocante, sem ser dura.
A sova deixei por conta da panificadora - Parceirinha, gostou da idéia?. Depois foi só moldar e pronto.

Um pão que será repetido em casa, muuuuutias vezes!


Xícara medida 240ml
¾ xícara água
½ xícara leite
1 ½ colheres (chá) sal
2 colheres (sopa) manteiga, em pedacinhos (30g)
¾ xícara ricota
3 ¼ xícaras farinha de trigo, especial, de boa qualidade
1 colher (sopa) fermento biológico seco, instantâneo

¼ xícara pedras de gelo, para formação de vapor


Eu coloquei na panificadora para sovar a massa. Caso você prefira, pode ser feito na batedeira, com o batedor de pão/gancho (na velocidade baixa (na 2ª mais baixa..), por cerca de 12 minutos; ou na Kitchen Aid - siga as instruções para sovar massas pesadas; ou até mesmo à mão. Deverá resultar em uma massa macia e elástica.
Coloque a massa em uma vasilha levemente untada, coberta, e deixe crescer em local levemente aquecido (21ºC a 25ºC), livre de correntes de ar, por cerca de 1 - 1 ½ horas. Verifique se ela já está pronta para ser moldada: com dois dedos (indicador e médio) enfarinhados, ‘fure’ a massa; se o buraquinho se fechar, deixe crescer mais um pouco; caso o buraquinho permaneça, já cresceu o suficiente.
Coloque a massa em uma superfície levemente untada, e delicadamente, amasse a massa, de forma a estourar as bolhas grandes de ar; divida a massa em dois (eu uso a balança para obter 2 pães do mesmo tamanho, para que assem no mesmo tempo...), faça 2 bolas, amarrando a massa: segure a bola com as duas mãos e traga-a a seu encontro, não deixando que ela role; dê uma virada de 90 º na massa e puxe novamente; repita por 1 ou duas vezes, até obter uma superfície lisa; coloque ‘as emendas’ para baixo em uma folha de papel manteiga, levemente untada. Cubra com filme plástico, levemente untado. Repita o processo para a outra metade de massa.
Deixe as massas crescerem, em local levemente aquecido, por cerca de 1 a 1 ½ horas; verifique se já cresceu o suficiente: com um dedo enfarinhado, faça uma leve pressão na massa, se a depressão voltar suavemente à posição original, já está pronta para assar. Caso volte rapidamente, deixe crescer mais um pouco.
Pré-aqueça o forno a 205ºC.
Cerca de 15 minutos antes de assar os pães, coloque uma pedra cerâmica própria para assar pães no forno, para esquentar; e na pratleira de baixo, coloque uma assadeira, vazia.
Ao término do crescimento da massa, descubra os pães.
Prepare uma folha de papel manteiga, coberta com farinha de milho em flocos.
Deixe os cubos de gelo à mão.
Vire delicadamente o pão sobre o papel manteiga preparado, deixando a ‘emenda’ para cima. Repita para o outro pão.
Retire a pedra do forno, e com cuidado, coloque a folha de papel manteiga com os pães sobre a pedra e coloque-a no forno. Coloque as pedras de gelo na assadeira – que foi vazia ao forno, e feche a porta do forno imediatamente.
Deixe assar por cerca de 20 a 30 minutos, até estarem bem dourados.
Retire a pedra do forno, e com cuidado, retire o papel manteiga com os pães e coloque-a nos uma grade. Após alguns minutos, retire o papel manteiga, e deixe os pães esfriarem.

24 comentários:

Vivian disse...

Adoro fazer pao. Nao tenho a máquina de pao, por isso sovo na mao, alias, nem cilindro tenho rs. Por isso, nao faço tantos paes quanto gostaria

bjks

Isa Lourenço disse...

Ficou lindo e fofinho.....
e com uma boa compota.......hummmm
Bjos

Vivian Teixeira disse...

Laura,
Linda receita e lindas fotos.
Deixa eu te perguntar, que tipo de forno vc usa? Eu usava o vapor para deixar a casca crocante no forno a gas, mas agora troquei pra um eletrico e não tem funcionado.
Obrigada
Abraços

Letrícia disse...

Laurinha, parecem deliciosos. Diga-me, onde você comprou uma pedra cerâmica para assar pães? Você prepara todos os seus pães nela? É que eu tenho muita curiosidade a respeito delas, mas não sei se a relação custo/benefício seria boa para mim...

Beijos!

Luciana Macêdo disse...

Nossa...já faz uma data que não faço pão em casa,e o interessante é que gosto de fazer.
Mais um pão que você faz que me deixa com vontade de experimentar.

Laurinha, talvez você possa me tirar uma dúvida. Comprei uma revista com várias receitas de pão, em todas elas o culinarista usa lecetina de soja. Mandei um e-mail para ele perguntando o por que e se é opcional, ou caso não use o resultado será prejudicado. Por enquanto não obtive resposta. Você tem alguma idéia sobre isso?
Caso queira responder pelo e-mail o endereço é:
luciana.loyola.macedo@gmail.com
Beijinhos!!!

Andrea Dohashi disse...

Laurinha eu amo pães, até postei um, e engraçado foi que lembrei de você... fico doidinha com suas receitas de pão, o de batata está esperando só uma folguinha, eu fiz aquele pão sem sovar, não sei o que deu errado, até ficou bom, mas a casca ficou muito dura, pra cortar quase que peguei o serrote do marido emprestado, rs, mas eu como boa brasileira não desisto nunca e tentarei novamente!
Nem preciso dizer que estou com água na boca né?
Beijos

Fabi disse...

Laurinha, como sempre você arrasa nos pães! Bjos!

Gourmandise disse...

Já entrou para a lista das receitas a fazer!
bjo

Patricia Scarpin disse...

Adorei a idéia de fazer pão com ricota, Laurinha! Não consigo ficar muito tempo sem fazer pão, é mesmo um vício. :)

risonha disse...

Parceirinha, tu és a rainha dos pães...
que aspecto maravilhoso!

Iliane disse...

lindo..lindo êsse pão de ricota..coisa boa é fazer pão em casa..amei essa sua receita amiga..bjus..li

Marizé disse...

Fiquei encantada com os ingredientes e com o aspecto desse pão.

Eu tb gosto de amassar os pães na máquina mas depois prefiro dar-lhe a forma que me apetece e colocar no forno.

Receita a testar, sem duvida

:-)

ameixa seca disse...

Que branco lindooo!!!
A panificadora é uma bela parceirinha ;)

Axly disse...

Fiquei curiosa com esse pão!
Ficou bem bonito, deve mesmo ser bom.
Kisss^^

EU MULHER disse...

Oi Laurinha, que pão lindo! Fiquei com água na boca.

Beijão

Nereime disse...

Parece que ele é leve e fofinho!!!!Já pensei num cházinho!!!
bjs

Mari Azevedo disse...

Laurinha, seu pãozinho - como sempre - ficou maravilhoso, com um aspecto divino!!! Fiquei curiosa sobre essa pedra para assar pães, pois nunca vi.... onde você comprou? É facil de encontrar?
Super beijo

Mari

Laurinha disse...

Olha, adoro fazer pães em casa. Sempre sovei na mão; a panificadora veio ajudar, pois como costumo fazer aos finais de semana, às vezes ficava com os braços 'acabados' depois do 4 ou 5 pão.... !!

Isa, delícia!

Vivian, Os meus (elétrico e à gás) são simples, nada de ventoinhas ou etc e tais.
Quando o pão necessita de vapor, para ajudar na umidade e na casca, faço no à gás, e com o truque da assadeira na grade inferior, colocando água fervendo - ou neste caso, os cubinhos de gelo...

Letrícia, a pedra foi um achado único; estou tentando lembrar o nome da dita lj mas esqueci de tomar o fosfosol hj.... é uma parente/estilo Tok&Stok, que tem coisas mil de cama/roupa de cama, móveis para casa, utensílios de cozinha, jardinagem; um dia fui ver uns trens de Natal lá e dei de cara com a pedra. Me atraquei com ela - só tinha uma! depois que usei pela primeira vez e vi que era boa, voltei lá para tentar comprar outra, mas não tinha mais mesmo....
Quando não faço pão em forma de pão, uso a pedra, é ótima mesmo, vale a pena! E nem foi tão cara assim... se achar a dita de novo, te falo, te compro, qq negócio, tá!

Lu, este vale a pena meeeeesmo! É super saboroso, ãté purinho!
Olha, num-sei-nadica-sobre-lecitina.... será que arrisco dizer que deixaria o pão mais leve, fofo? Volume maior para o mesmo peso? Perdão, não sei não... será que a Nina pode ajudar? Vou perguntar para ela, quem sabe....

Andrea, calma, muita calma, serrote não.... faz dodói!!!
Olha, todos os 2 pãezinhos de batata são ótimos, viu, E este de ricota, aiai, tudo de bom!

Fabi, obrigada, linda!

Nina, oba!

Pat, uma terapia gostosa, e depois, de brinde, um pãozinho fresquinho, saindo do forno!

Risonha, hummmmmmm, experimente e me diga o que vc achou!

Li, uma massa super gostosa de trabalhar!

Marizé, ultimamente tenho optado por amassar na máquina...

Ameixinha, E como!!!

Axly, Muito bom! As torradas ficam super saborosas!

Ana, acredito, acredito! :DD

Nereime, e eu, um fiozinho de mel, no chá e no pão!

Mari, como falei para a Letícia, foi um achado, que não consigo me lembrar onde... se achar de novo, te falo, compro procê... qq coisa, tá! Pois adorei!

Beijinhos, meninas!

Marcia Rosa disse...

Suas receitas são maravilhosas, Laura! mãos de fada! vou acrescentar seu blog nos meus favoritos e te visitar sempre!
bjs

Carla disse...

panificadora não tenho, mas vou guardar para fazer! ficou lindo!

bjs

Leonor de Sousa Bastos disse...

Que interessante esse pão com ricotta!
Ficou com um aspecto maravilhoso!
Deve ter ficado um cheirinho maravilhoso pela casa!!...:)

Valentina disse...

Oh querida, que delícia de pão. Tenho muitas receitas de pães tuas guardadas. Beijocas.

Magia na Cozinha disse...

Receita de pão nova é sempre uma tentação! Anotada!
Ficou lindo! Eu não resisto, pois poderia viver só de pão, hehe.
Bjs :)

Laurinha disse...

Marcia Rosa, bem-vinda! E obrigada!

Carla, é uma massa muito boa de ser trabalhada, à mão também dará certo!

Leonor, acho que não tem nada melhor do que o cheiro de pão assando... ah, tem sim: comê-lo, fresquinho...

Valentina, adoro fazer! E comer! :DD

Claudia, então somos duas!! :DD

Beijinhos a todos!