segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Pão Branco, Clássico, Delicioso!


No café da manhã na chez Laurinha...

Meu filho gosta de pães mais macios. Adora com requeijão, ‘bastante tá, mãe!’.
Minha filha prefere torradas de pães sem sementes, e passar manteiguinha nelas assim que saem da torradeira!
Meu marido topa qualquer um, sempre come um sanduiche recheado com queijo.
Eu adoro pães com centeio, com sementes ou não, mas pode ser de aveia, ou com trigo integral, ou ….
Então, sempre tenho alguns no freezer, para agradar a todos.
Faço sempre os pães em casa, acho que não tem nada mais delicioso que o cheiro de pães assando em casa. E prepará-los com ingredientes de qualidade significa saúde e carinho à família.

Este é um pão branco que repito sempre: fica delicioso, macio, e as torradas dele são ótimas; as french toast então, aiai, de repetir!
Experimente! Aqui em casa 'gregos e troianos' aprovaram…


Original aqui.
Xícara medida 240ml
2 ½ xícaras água morna
1 colher (sopa) açúcar granulado orgânico
1 colher (sopa) sal
7 xícaras de farinha de trigo especial para pães
2 ½ colheres (chá) fermento biológico seco instantâneo
4 colheres (sopa) manteiga, rasinhas, amolecida

Misture o fermento à 6 xícaras de farinha de trigo, acrescente o sal, o açúcar e a água. Pode ser feito à mão, com a ajuda de uma colher de pau ou em uma batedeira com o gancho. Ou mesmo na panificadora, observando a ordem dos ingredientes, conforme instrução do fabricante.
Sove a massa, acrescentando a farinha restante, até que ela fique macia, não grudenta. Eu usei o total da farinha pedida na receita, mas vá acrescentando aos poucos, para não tornar uma massa seca....
Acrescente então a manteiga, sovando até que ela seja totalmente absorvida pela massa. Resultará numa massa linda, macia, fácil de ser trabalhada... anunciando um pão delicioso.
Forme então uma bola, ‘amarrando’ a massa por baixo – na superfície de trabalho, sem farinha, segure a bola pela mão e puxe-a levemente ao seu encontro, sem rolá-la; ela resistirá um pouco, ‘esticando’ a massa da superfície de cima da bola; dê um giro de 90º na massa e puxe-a novamente... repita mais 1 ou duas vezes.
Coloque a massa com a emenda para baixo em uma vasilha levemente untada, cubra e deixe crescer por cerca de 1-1 ½ horas, até que dobre de volume. Deixe em um local livre de correntes de ar. Tempo menor para climas mais quentes; tempo maior para climas mais frios.
Unte com manteiga 2 formas de pães tamanho médio (cerca de 20 x 10cm).
Retire a massa da vasilha e vire-a em uma superfície levemente enfarinhada; divida a massa em duas partes iguais e retire o ar da massa: com movimentos leves e delicados, dê um soquinho no centro da massa, puxe levemente uma das ‘pontas’ da massa para o centro, afunde-a, gire a massa em 90º, puxe mais uma ponta para o centro... e repita o método mais 1 ou 2 vezes. Forme uma bola e deixe a massa descansar por 5 minutos. Faça o mesmo com a outra metade da massa.

Com o auxílio de um rolo, abra cada massa formando um retângulo, com aproximadamente de 22 x 30cm de lados. Dobre a massa estilo envelope: com as duas mãos, pegue a massa pelo lado menor e sobreponha-a, ocupando 2/3 do retângulo; com a lateral da mão, aperte a emenda, para que fique bem ‘colado’; cubra com o 1/3 restante, ‘colando’ bem na emenda, obtendo então um retângulo de aproximadamente 22 x 10 cm. Vire o retângulo, de modo que a emenda fique para cima, e de cada lado, puxe um tantinho de massa para cima, fazendo uma abinha, e dobre sobre o pão, ‘colando’ bem, para que não abra.
Coloque então o pão na forma com as emendas para baixo, cubra com plástico levemente untado e deixe crescer por cerca de 1 hora.
Pré-aqueça o forno a 190ºC.
Leve o pão para assar, por cerca de 35-40 minutos, até que fique bem dourado e que ao bater com o nó do dedo no fundo do pão o som seja oco.
Retire da forma e coloque sobre uma grade para esfriar, por cerca de 2 a 3 horas.

31 comentários:

belinhagulosinha disse...

que pãozinho maravilhoso amiga,jinhos grandes

Mari Azevedo disse...

Que pão mais lindo e apetitoso! Também adoro um pãozinho caseiro... fico meio "aflita" com as massas grudentas (como fiz poucos pães, ainda não me acostumei)... rsrsrs, mas o seu está tão lindo, q dá até vontade de deixar o medinho de lado e começar a me acostumar!
Beijo, querida!

Naninha disse...

Também adoro o cheirinho do pão assando é o máximo, e comê-lo quentinho então, nada melhor, ah! E como uma manteiguinha por cima, derretendo, hummm!
O seu ficou lindo! Adorei a receita!
Beijos e ótima semana!

Carla disse...

Pão no forno faz-me lembrar a casa da minha avó =)
Ainda não me aventurei a fazer mas está para breve! Gostei muito desta receita pois o pão tem aspecto de ser bem fofinho e bom. Não se compara com os de compra não é?

bjs, boa semana

laila disse...

a fto da fatia está de enlouquecer!!!bjs

Filipa disse...

Também adoro o cheirinho do pão enquanto está a assar no forno. E fazer pães também gosto muito mas o que gosto mesmo mais é de poder comer uma fatia enquanto ele ainda está quente com um pouquinho de manteiga, humm maravilha! Agora fiquei com vontade... :)

beijinhos

Isa Lourenço disse...

também prefiro o pão branco ao mais escuro.
Ficou muito bem.
Bjos

Renata Gaeta disse...

Laurinha preciso aprender a fazer pão. esse está com uma cara maravilhosa!

bjs

pipoka disse...

Pena que moramos tão longe, adoraria ser sua vizinha para sentir esse cheirinho de pão quente (se fosse, até podia ser que vc fizesse uns pãezinhos para mim, pois não tenho jeito nenhum...hehehe).

bjs

Silvia Arruda disse...

Ficou lindo. Dá de 1.000 a zero em comparação aos que existem em padarias! :P

Goreti disse...

Laurinha, pão caseiro é outros 500...e com essa categoria...explicação nos mínimo detalhes.

Beijos!!!!

monica disse...

Belo pão, Laurinha!Imagino o cheirinho quente e bom que ficou em sua casa!
Beijinhos

Glau disse...

Laurinha, tbém adoro cheirinho de pão, de bolo pela casa! Fica tão aconhegante, né? Parabéns pelo pão, super lindo!

Bjos, Glau

Laurinha disse...

Belinha, que bom que você gostou!

Mari, pão é uma aprendizado... a cada fornada, vou aprendendo um tantinho, e 'arriscando' um pouco mais que na fornada anterior...

Naninha, aiai, manteiguinha derretendo é demais!

Carla, ele relamente é muito macio!

Laila, e já foi pra barriguinha...

Filipa, então, já prá cozinha!

Isa, verdade? Olha, eu prefiro os de denteio, mas se for caseiro, daí topo quase todos ;)

Renata, obrigada linda!

Pipoka, adorei a idéia, mas acho que vou sair ganhando nas trocas... :DD

Silvinha, vc é um amor! E minha filha disse o mesmo...!

Goreti, pois é, passei timtim por timtim como eu fiz... aos poucos vou aprendendo, e espero, melhorando...

Monica, bom demais!

Glau, fica sim, e a vizinhança toda já fica sabendo ...

Beijinhos, meninas!!

Nana disse...

Seu pão me lembrou infancia, comia muito no interior paulista quando ia visitar a minha avó.
Lindo, lindo e lindo!
Bjs

Luciana Macêdo disse...

É muito tempo para esperar até esfriar,acho que vou comer quente mesmo, eu não resisto. Adoro pão,não fico sem ele.
Bjs!

Leila disse...

Laurinha que tentacao.
acho que preciso fazer para agradar ao marido. Ultimamente ele só anda comendo pao sem gluten!!!
ficou lindo, parabens
beijinhos

Rata disse...

Hummm, amo pão!!
Namorado é padeiro, será que eu acerto fazer uma surpresa pra ele?!

Beijos!

*-._.-* Anita *-._.-* disse...

Meu Papito...que lindo!

Amei...

bjssssssssss

Iliane disse...

que mravilha de pão..que fotos lindas..parabens amiga..bjus

Letrícia disse...

Ai, finalmente estou conseguindo atualizar minha leitura dos blogs amigos. E já comecei imprimindo essa receita. Ficou lindo, Laurinha! Parece tão macio...

Beijos!

Carmencita disse...

Laurinha, que lindo está esse pão, a foto saiu tão nítida que dá vontade pegar da tela.Como diz minha mãe:- A massa está rendada!
Fico imaginando esse pão quentinho, adoro cheiro do pão quente assando e comê-lo quente então nem se fala.Anotadíssimo.Bjss

Fabi disse...

Laurinha, eu também adoro fazer pães em casa, ainda mais com a panificadora, é tão prático! Só dei um "pause" porque a balança está pesando... Então acabo comprando pães integrais "light"... Mas que é maravilhoso um pãozinho branco feito em casa, ah... isso é!! Bjos!

lunalestrie disse...

Laurinha, fico babando com o visual dos seus pães... Muito além de profissionais, porque não vejo pão assim nas padarias... ;D

Margarida disse...

Está digno de qualquer padeira profissional!!
E esse meiolo tem um aspecto tão fôfo e macio! Aforei!

Wservir disse...

Boa tarde,

O seu blog / Site chamou a atenção dos nossos colaboradores pela qualidade das suas receitas.

Ficaríamos muito gratos se você regista-se o seu site / blog no Ptitchef.com.

Ptitchef é um diretório com as melhores referências de sites de cozinha na web. Centenas de blogs espalhados pelo mundo já estão registados, aproveite para conhecer o site Ptitchef.(www.ptitchef.com ou http://pt.petitchef.com)


Para se inscrever no Petitchef clique aquí http://pt.petitchef.com/?obj=front&action=site_ajout_form ou no link http://pt.petitchef.com e clique em "Adicionar o seu blog-site" sobre a barra laranja.


Atentamente,

Octávio
Ptitchef.com

wservir@gmail.com

Cris disse...

Ai ai ai como fica lindooooo!!!!!!

Ana disse...

Gostei muito do pao, mas mais ainda da sua didática.
Em casa consumimos muito pão também.
Beijos.

Claudia disse...

Exilada no mundo do pão preto eu dava um braço para comer um pão branco fresco, saído do forno, que não estivesse congelado ou azedo.

Vou definitivamente tentar esta receita pois eu estava louca por uma receita de pão branco simples. Não aguento mais tanto brioche!

Obrigada,

Claudia

Anônimo disse...

Michely
a massa pode ser cilindrada

Anônimo disse...

Michelly
posso usar a farinha normal?
e o açucar pode ser refinado?