quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Torta de Castanha de Caju e Damasco


Para qualquer época do ano esta torta é deliciosa. Preparei para o lanche do dia 25 de dezembro.
E é perfeita para a época de festas. Pode ser servida fria, coberta com açúcar de confeiteiro, ou morna, acompanhada de uma bola de sorvete de baunilha! Escolha uma versão, conforme o paladar de sua família e convidados!
Outra vez substitui o damasco por uvas passas, deixadas de molho por 1 hora no vinho do Porto. Ficou ótimo também! Fico imaginando como seria com outras frutas, secas ou não, ameixas, tâmaras, ou até um pout pourri de frutas, que tal!


*xícara medida: 200ml
Para a massa
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo integral
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1/3 xícara (chá) de manteiga cortada em cubos
2 gemas
1 colher (sopa) de água gelada
Numa tigela, misture as farinhas e o açúcar. Acrescente os cubos de manteiga e misture com as pontas dos dedos até obter uma farofa uniforme. Junte as gemas e a água. Trabalhe a massa até conseguir formar uma bola.
Em uma superfície lisa e enfarinhada, com o auxílio de um rolo, abra a massa em formato redondo (25 cm de diâmetro) e com espessura de 6 mm.
Transfira para a fôrma de torta redonda (20 cm de diâmetro) e pressione com os dedos, retirando o excesso da borda. Fure a massa com um garfo, para que não estufe. Reserve.


Para o recheio
1/2 xícara (chá) de manteiga à temperatura ambiente
1/2 xícara (chá) de açúcar
2 ovos
1/2 xícara (chá) de castanhas-de-caju trituradas
1 xícara (chá) de damasco picado
2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro para decorar

Pré-aqueça o forno a 200°C (temperatura média).
Na batedeira, junte a manteiga e o açúcar e bata até obter uma pasta branca. Pare de bater e raspe o fundo da tigela da batedeira com uma espátula. Coloque de volta, mude a velocidade para alta e acrescente os ovos, um a um, batendo até misturar bem. Adicione as castanhas trituradas e continue batendo por 2 minutos. Diminua a velocidade e acrescente os damascos.
Espalhe o recheio na massa crua.
Leve ao forno pré-aquecido para assar por 1 hora. A minha deixei por 35 minutos e até sapecou um tantinho. Convém verificar por volta dos 30 minutos...
Deixe esfriar e polvilhe com o açúcar de confeiteiro, passado por uma peneira fina.



Uma coisa: minha torteira de 20cm tem fundo falso. Então, coloquei uma assadeira por baixo, pois como a massa é bem amanteigada, fica 'chorando' umas gotinhas de manteiga da forma enquanto assa - já pensou ficar pingando no assoalho do forno: fumaça e um forno difícil de limpar depois...! Humpf!!


Esta sugestão irá participar do evento da Cris, para compartilharmos receitas natalinas! Cris, adorei sua iniciativa!

30 comentários:

Marizé disse...

Laurinha essa tarte, ou torta por aí, está a convidar-me a uma garfada! Adorei as tuas sugestões de recheio.

Essa dos pingos no fundo do forno, é bem maçador, já me aconteceu com caramelo quase que os bombeiros me bateram á porta tal era a fumarada.

Beijocas

Silvia Arruda disse...

Meu deus do céu, Laurinha, esta torta é uma tentação. Amo damasco e castanha do caju. Receita anotada! :)

risonha disse...

será que ainda vou a tempo de comer uma fatia? será???
é que o aspecto é tentador!!!

Gourmandise disse...

Faz tempo que não como uma boa torta...
bjoca,
Nina.

Cris disse...

Laurinha, eu quero um pedaço!!! Congela um para mim... mas não deve ter sobrado né... está muito linda e tem tudo que gosto... Em vinho do porto eu nunca hidratei as frutas... hummmmmmmmmmmm vivendo e aprendendo! bjs!

pipoka disse...

Esta tarte deve ser um espectáculo. Já estou a imaginar as inúmeras possibilidades de recheios....com aquela sua sugestão das tâmaras...hum...delicioso!

bjs e Bom Ano

COZINHAR COM OS ANJOS disse...

Nunca fiz nenhum doce com castanha de cajú...mas esta tarte está divina...gostei ...beijinhos doces

Gatinha na cozinha disse...

ola!!!!
adorei seucantinho!@!!!
sou nova na area de blogs e também na cozinha.. casei ha pouco e estou aos poucos aprendendo...
venho visita-la sempre, viu? bjs dani

Célia disse...

Utilizando uma expressão brasileira ( amei a receita).

fezoca disse...

Laura, essa torta esta linda e adorei os ingredientes. Sem falar na foto, que esta convidativa. um beijo! :-)

Valentina disse...

Laurinha, que del'icia de torta. Gostei muito desta receita.

Flosinha disse...

Que lindo aspecto tem esta torta.
Feliz 2008 com muita saúde, paz e amor.
Beijokas

anna disse...

Laurinha, fazes sempre bolinhos e tortas tão especiais!!!
Adorei esta!
Beijos.

receitinhas da belinhagulosinha disse...

k delicia esta torta.olha corta aí uma fatia k eu vou buscar uma caneca de café......bjokas e Bom Ano

Receitas da Filipa disse...

Gostei muito desta receita laurinha, adorei as possibilidades do recheio. Já tomei nota para fazer um dia destes.
Beijinhos

Sheila disse...

Laurinha, minha amiga... vc detonou!!!!! Adorei a receita, essa torta tá de lamber os beiços, rsrs
e esse prato hein? Coisa chique! ;)

Laurinha disse...

Marizé, fica m uito boa, deu para perceber que já fiz algumasssss vezes... :P

Silvia, é uma tentação sim, tb amo damascos, tenho que deixar no freezer, senão, sempre vou 'precisar' comer unzinho...

Risonha, venha, sirva-se, puxe uma cedeira...

Nina, experimente esta, nós aqui adoramos!

Cris, frutas com vinho do Porto é bom demais!!!

Pipoka, com tâmaras fica ótimo, deliciosa!

Anjinha, nunca substitui a castanha desta receita, mas se quiser tentar com outra noz, acredito que dê certo...

Gatinha na Cozinha, bem-vinda, adorei sua visita, vou jájá ver seu blog!

Célia, que bom que você amou!!

Fer, obrigada linda!!

Valentina, adoro, só não façocom mais frequencia por conta da balança, que teima em mexer...!

Flosinha, feliz 2008 para você também!

Anna, obrigada, que bom que você gostou desta!

Belinha, hummmmmm, boa idéia, com uma cafezinho e boa companhia, é tudo de bom!

Filipa, faça sim, você vai gostar!

Sheila, há qto tempo, que bom que voltou! obrigada, viu!

Beijinhos a todos!!

Nogueirajcs disse...

O máximo

Suzana disse...

Confesso que fiquei a babar só de olhar para a foto! Imagino que não tenha sobrado uma fatia para mim, verdade? :P

Bj

Sylvia disse...

Meu Deus Laurinha, fiquei boba , olhando essa torta tem uma combinacao que adoro fruta seca e damascos. Mesmo nao sendo Natala cho uma otima sugestao para o inverno
Bjs

Smas disse...

Eu estou cheia de fome e não tenho uma fatia dessa torta aqui perto de mim!!!!
Bjs

Elvira disse...

Que óptimo aspecto! Realmente, parece muito muito boa! :-)

Beijão.

Marcia disse...

Laurinha, que torta maravilhosa! Bjs

Akemi disse...

Amiga, não sei por qual babo mais, se esta torta ou este bolo de maçãs aí em baixo!!!!
Quantas tentações, amiga!! Mas quero deixar meus parabéns por ganhar no sorteio do evento da Cris! Bjocas!

lunalestrie disse...

Não consigo acompanhar direito! é muita receita boa, uma atrás da outra. Vim aqui te dar os parabéns por ter ganho o evento da Cris com esta receita. Fiquei super a fim de fazê-la! Bjs!

Laurinha disse...

Nogueira, obrigada pela visita!

Suzana, você é um amor... separei uma fatia para você, venha!

Sylvia, sabe que faço também quando o tempo está mais fresco...

Sandra, já mandei uma procê, já deve estar chegando... :)

Elvira, obrigada, ficou ótima mesmo!

Marcia, uma delícia !!

Akemi, obrigada linda!!

Luna, e como é com castanha de caju, o sabor é da terrinha!!!
Obrigada!

Beijinhos, meninas!!

Anônimo disse...

Oi Laurinha, fiz esta torta aqui em casa. Ficou uma delícia!!! E ficou tão linda quanto a sua. Tirei até foto dela. Parabéns pela receita e pelo blog. Tô adorando tudo!!! Beijos
Ana Carol Crocks

Verônica disse...

Como você retirou o fundo falso da torta? Eu não consigo fazer isso sem quebrá-la. Acabo deixando a torta com o fundo e só retirando as laterais.

Laurinha disse...

Veronica,
Com a ajuda de uma faquinha, 'destaque' a torta do fundo da assadeira.
Outra opção é forrar o fundo com papel manteiga. Assim que a torta esfriar, retire a forma - lateral e fundo, e depois o papel manteiga.

OK?
Beijinhos

Laurinha disse...

Veronica,
Com a ajuda de uma faquinha, 'destaque' a torta do fundo da assadeira.
Outra opção é forrar o fundo com papel manteiga. Assim que a torta esfriar, retire a forma - lateral e fundo, e depois o papel manteiga.

OK?
Beijinhos